Maquiagem Mineral , saiba tudo sobre !




Tanto se ouve falar sobre a famosa Maquiagem mineral daqui , dali , dacolá... Que resolvi pesquisar mais à fundo e trazer para quem ainda como eu , não tinha ido tão fundo no assunto o que realmente promete esse produto de beleza milagroso do começo do século 21.


Primeiro:  Qual é a grande idéia por trás da “maquiagem mineral”?

Idealmente, maquiagem mineral é exatamente o que parece: cosméticos feitos principalmente com minerais naturalmente vindos da terra. Minerais como óxido de zinco, óxido de ferro, dióxido de titânio, mica e ultramarino são transformados em pequenas partículas e usados para fazer pós e bases. Esses minerais fornecem não somente pigmentos, mas também proteção solar e efeitos anti-inflamatórios.


A maquiagem mineral é realmente pura e natural? Não há uma resposta simples, o que é comum com novas promessas do mercado. Os termos “puro” e “natural” não são padronizados ou regularizados em cosméticos.

Outra alegação de venda da maquiagem mineral é a sua pureza. Os produtos são supostamente naturais e portanto não irritam a pele, além de serem mais saudáveis do que os cosméticos convencionais. Se você compra maquiagem mineral, espera que ela não tenha ingredientes controversos como parabenos e ftalatos , assim como corantes sintéticos e fragrâncias prejudiciais para peles sensíveis. É aí que as coisas podem complicar.







Segundo: Quando se trata de maquiagem mineral, quão puro é o “puro”?

Alguns produtos são mesmo o que parecem – feitos com minerais 100% naturais. Outros não são nem um pouco. Os minerais como óxido de zinco e dióxido de titânio foram comuns em bases e pós por décadas; tecnicamente, qualquer maquiagem com esses ingredientes pode se chamar de “maquiagem mineral” e estar legalmente correta. Você pode ler os ingredientes de uma base mineral e encontrar conservantes sintéticos como ftalato e parabeno. Não há maneira de saber se há substâncias sintéticas até você ler a embalagem.

O oxicloreto de bismuto é um mineral, mas não é natural. É um metal derivado, comumente obtido como subproduto de chumbo ou cobre fundidos. Ele é usado em cosméticos há anos para dar brilho. Esse brilho é um grande apelo de vendas para a maquiagem mineral, e você pode encontrar esse pó sintético em várias marcas que dizem ser naturais. Bismuto é encontrado na natureza; o oxicloreto de bismuto não.
Outro problema com o oxicloreto de bismuto é que ele pode causar irritações. Causa coceira, alergias e pode até desencadear um surto de acne em pessoas com a pele sensível. Enquanto esse pó é encontrado em vários cosméticos, na maquiagem mineral o problema é maior, porque ela é especificamente dirigida a pessoas de pele sensível.



Então amigas tenham cuidado , se tiverem peles sensíveis , testem primeiro , para constatar se não são alérgicas aos componentes. 

Fonte de pesquisa: comotudofunciona






Comentários

Postagens mais visitadas